Marketing

Desmistificando a análise de mercado

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

O que o futuro nos reserva? Como podemos, como empresas e profissionais, nos preparar para um futuro que, sabemos, não será idêntico ao passado nem ao presente? 


No mundo de hoje, ou você aprende a olhar para fora da empresa e entender o que está acontecendo e mudando, ou ficará para trás. Olhar para fora significa fazer uma análise do mercado. E isso serve para empresas de todos os portes, para profissionais de todas as atividades, e até para mim ou para você.


A Eliane e eu criamos o Repertório Marketing & Talks para oferecer reflexões e caminhos para os empreendedores e os profissionais de mercado. Para que ficassem mais ligados e pudessem transformar a si mesmos e suas empresas. Defendemos, acima de tudo, o ato de olhar para fora, de entender do mercado antes da tomada de decisão. 


Hoje eu faço análises de mercado para muitas empresas, visando apoiá-las no planejamento de marketing ou de comunicação. Parece óbvio, mas mesmo grandes empresas ainda carecem dessa postura, achando que sabem tudo pois estão atuando há décadas naquele ramo.


Mas o que é olhar para fora, afinal? Significa fazer uma análise de mercado.


E o que significa fazer uma análise de mercado? Trata-se de um mapeamento de algumas áreas que, se bem compreendidas, fazem com que as decisões da empresa se encaixem no que o mercado precisa ou no rumo que o setor está tomando. Aumentando muito as chances de sucesso.

o que compõe uma análise de mercado? É aqui que eu queria chegar. Vou enumerar as áreas e depois explicar cada uma rapidamente. A análise de mercado é composta por:

1) Uma análise interna da empresa

2) Uma análise das tendências que vão impactar o setor onde a empresa atua agora e no futuro

3) Uma análise do cliente-alvo do negócio

4) Uma análise da concorrência do negócio

5) Uma análise dos demais elementos do setor


Na análise interna da empresa, estamos mapeando as competências e fraquezas da empresa. Essa análise precisa ser feita sob o ponto de vista do cliente e não do dono da empresa. Então requer uma boa dose de humildade na análise.

Na análise de tendências para o presente e futuro, é necessário se perguntar: quais mudanças estão acontecendo ou vão acontecer em breve no meu setor de negócios, que têm impacto nas empresas que atuam com isso? Muitas empresas morrem por não perceber e por não se adequar às mudanças. 


Aqui vale observar tendências e contextos econômicos, de mudanças geográficas do mercado, das tecnologias envolvidas naquela atividade, das leis que regem o setor, e com certeza dos gostos e preferências das pessoas, que mudam com o tempo. É necessário disciplina e sensibilidade para identificar e acompanhar as tendências.


Na análise do cliente que é alvo da empresa, vale traçar seu perfil pessoal e de comportamento. Procurar entender suas motivações para comprar o que a empresa vende, e sua relação com os produtos e serviços daquela categoria, incluindo aqui os critérios que ele usa para decidir entre uma marca e outra. 


Ainda faremos outro vídeo sobre isso, mas é necessário ver nos clientes aquilo que é invisível a “olho nu”: como ele pensa, como ele vê as marcas, quem o influencia, entre outras coisas.


Na análise da concorrência, uma dica: é preciso mapear não apenas que vendem aquilo que a sua empresa vende, mas mapear também outros negócios ou produtos que resolvem a mesma necessidade que seu produto ou serviço resolve, e que por isso podem concorrer e conquistar aquele consumidor para si. Depois de mapeados, os é necessário identificar pontos fortes e fracos destes concorrentes diretos e indiretos.


E existe ainda a necessidade de observar outros elementos do setor onde a empresa atua, que podem ser fundamentais: se existirem, é necessário entender os canais de distribuição ou revendedores que comercializam aquele tipo de produto, o que pensam e como indicam as marcas para os clientes. 


É necessário observar se existem fornecedores, de insumos ou componentes, nesse mercado, que são poderosos ou podem ter impacto no meu desempenho junto aos clientes. 
E é necessário verificar se não existem públicos influenciadores no setor, como o médico no caso da venda de medicamentos, ou arquitetos no caso de materiais de decoração, que podem ser decisivos e cuja opinião precisa ser entendida.


Se precisar de apoio para fazer análises e pesquisas de mercado, entre em contato conosco no whatsapp (47) 99199-8221. Quero te ajudar ou pelo menos orientar como for possível.

Publicitário, pesquisador na área de marketing, branding e comportamento do consumidor. Fã de baseball e football.

Comente